Jogos de pôquer

SEÇÕES

Adolescente morta pode ter sido vítima do “tribunal de crime” em Teresina

Maria Camila Ferreira estava desaparecida desde sábado (23) e seu corpo foi encontrado na tarde de quarta (28), em uma região de mata com sinais de violência

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Os agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), iniciaram nesta quinta-feira (28),  as investigações sobre o assassinato da adolescente  Maria Camila Ferreira Nascimento, de 14 anos, encontrada morta na tarde desta quarta-feira (27) no Povoado Extrema, na região da  Usina Santana, zona rural Sudeste de Teresina. O local era de difícil acesso. 

Segundo a delegada Nathalia Sampaio de Figueireda, do núcleo de Feminicídio do DHPP, responsável por conduzir a investigação, o corpo de Maria Camila tinha diveros hematomas, além de marcas de queimaduras e uma lesão na cabeça, que ainda não se sabe se foi causada por golpes de madeira ou pedradas.

Delegada Nathalia Sampaio, do núcleo de Feminicídio do DHPP investiga o caso  - Foto: Matheus Oliveira/ Jogos de pôquer

Em entrevista ao repórter Matheus Oliveira, da Rede Jogos de pôquer, a delegada afirmou que aa perícia realizada no local do crime foi encontrado uma tatuagem com a descrição de uma facção criminosa e a principal suspeita é que a jovem tenha sido vitima do tribunal do crime.

As investigações a cerca da morte já começaram e espera-se que até a próxima da semana a Polícia Civil tenha informações mais precisas sobre a morte da adolescente. Segundo agentes, a briga entre gangues rivais da Capital pode ser a causa do assassinato da adolescente, já que ela era envolvida com integrantes de organizações criminosas.

Os primeiros resultados da Perícia Criminal apontam que a vítima foi levada viva até o local e morta sentada. 

Maria Camila foi encontrada morta após quatro dias desaparecida

O caso

A jovem desapareceu após supostamente ter sido levada por um grupo de criminosos na região da Vila Irmã Dulce, na zona Sul de Teresina. Os familiares iniciaram uma campanha nas redes sociais e buscam por informações a respeito do paradeiro da jovem. 

A adolescente estava com as mesmas vestimentas de quando desapareceu, o que ajudou na identificação. As circunstâncias e causas da morte ainda não foram divulgadas e serão investigadas. No entanto, o corpo apresentava sinais de violência. 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site

1234