Jogos de pôquer

SEÇÕES

Victória Soares: Tenho muito medo do que pode acontecer comigo

A estudante de Direito, Victória Soares concedeu entrevista para o programa MN 40º na noite desta quinta-feira (11) e relatou detalhes da agressão sofrida pelo empresário Matheus Alencar

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A estudante de Direito Victória Soares concedeu entrevista para o programa MN 40º na noite desta quinta-feira (11) e relatou detalhes da agressão sofrida pelo namorado, o empresário Matheus Alencar, que é filho do delegado Sérgio Alencar. Em conversa com o repórter Ivan Lima, a jovem disse que se arrepende de ter reatado com o empresário e teme por sua vida.

Victória Soares denuncia que foi agredida pelo empresario Matheus Alencar 

'Voltei e me arrependo muito e eu devia ter ouvido minha família. Tenho muito medo do que pode acontecer comigo. Eu tenho medo do que falo, eu tenho medo de tudo o que está  acontecendo. Eu tenho medo de tudo o que pode acontecer. Eu tenho medo de está aqui'', disse a estudante. 

Leia Mais

Victória Soares concede entrevista para o programa MN 40º 

''Eu sou apaixonada pela vida, eu amo ficar de bem com todo mundo, eu amo viajar, amo me reunir com meus amigos. Ele brigava por tudo, reclamava de tudo. Eu não conseguia ver como agressão, ver como um perigo, eu vi mais como uma briga de casal'', acrescentou.

Na entrevista, Victória ressaltou que só denunciou as duas últimas agressões e que não sente segurança de fazer nada e sente medo o tempo todo.

''Teve outras agressões físicas, mas só denunciei as duas últimas. As primeiras eu consegui não ver como agressão porque o Matheus é muito romântico. Até hoje ele fala comigo como se nada tivesse acontecido. Eu não via como agressão. Só que quando aconteceu isso, que a porta quase arrebentou minha cara, pela primeira vez eu senti que poderia morrer, que eu não ia ter mais vida. A minha melhor alternativa era me jogar da varanda. Eu preferia me matar do que ele me matar. Só que quando eu fui pra varada eu não tive coragem. Eu nunca tinha visto tanto sangue. Eu não sinto segurança nenhuma de fazer nada. Eu sinto medo o tempo todo'', disse. 

Ao ser questionada pelo apresentador Luiz Fortes se o pai de Matheus, o delegado Sérgio Alencar, sabia das agressões, Victória disse que sempre escondia as brigas.

''Ninguém nunca soube das brigas e do ciúme pois eu sempre escondi. Só sabia quem presenciou tipo uma amiga, minha mãe, meu pai e minha madrasta. O que o pai dele soube foi da primeira denúncia porque enquanto eu estava sendo agredida no apartamento a primeira pessoa que eu liguei foi para o Sérgio. Eu pedi socorro para o pai do agressor. Ele (Matheus) percebeu que eu estava em ligação e me empurrou na cama. O delegado Sérgio estava com ele na hora dos disparos. Ninguém da família dele nunca me procurou pra nada. A única coisa que o pai dele me perguntou era se ele usava drogas'', afirmou. 

Mãe diz que Victória Soares será levada para outro Estado após agressão

A estudante de Direito, Victória Aparecida Soares, de 23 anos, prestou depoimento na manhã desta quinta-feira (11) na Delegacia da Mulher, localizada no bairro Dirceu. O empresário  Matheus Vitor da Silva Alencar, que é filho de  delegado Sérgio Alencar, foi acusado agredir a jovem em apartamento na zona Leste de Teresina.  

Victória Soares foi agredida pelo empresário Matheus Alencar na zona Leste de Teresina 

Dorinha Soares, mãe de Victória, chamou Matheus Alencar de psicopata e disse que a família vai cobrar por justiça e pela prisão do agressor. Segundo ela, a estudante vai ser encaminhada para outro estado, por questão de segurança. A confeiteira relatou que estava internada em um hospital para passar por uma cirurgia de ponte de safena, mas assim que soube da agressão pediu ao médico para ser liberada para prestar apoio à Victória. 

A mãe acrescentou que já havia presenciado uma situação onde Matheus estava armado e chegou a invadir o quarto para tomar a arma da mão dele. Na época, o casal morava no apartamento de Dorinha. Segundo ela, o filho do delegado se trancava no quarto para mexer no celular de Victória e que a filha era vigiada 24h pelo namorado. Dorinha diz que está sem chão e sem acreditar que o agressor fez isso com sua filha. Ela aproveitou para fazer um alerta às mães para que prestem atenção ao relacionamento de suas filhas.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site

1234