Jogos de pôquer

SEÇÕES

Presos em operação planejavam sequestrar casal de empresários

Presos em operação planejavam sequestrar casal de empresários

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Na manhã desta quarta-feira (29/11), a Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO),  deflagrou a Operação Refranata, que visa dar cumprimento a 26 mandados de busca e apreensão e 16 prisões preventivas (algumas já realizadas no decorrer de outras ações policiais), relacionadas principalmente ao combate de crimes de estouro de caixas eletrônicos e roubos a bancos,assim como crimes correlatos de roubos de veículos, tráfico de drogas e outros.  

De acordo com a polícia, parte do grupo criminoso investigado em questão é formado por foragidos da justiça, bem como pessoas responsáveis por atos periféricos.   

Segundo o delegado geral Riedel Batista, até o momento dez pessoas foram presas. “Essa operação é uma continuidade de outras operações do GRECO no intuito de combater essas pessoas que vem praticando roubo a bancos e outros crimes graves no estado do Piauí. O secretário determinou que essas ações fossem intensificadas nesse final de ano justamente para impedir novos roubos e situações de sequestro ou cárcere privado”, declarou.

Ainda de acordo com Riedel, os presos nesta operação estavam planejando sequestrar um casal de empresários do ramo da educação do Piauí. “10 pessoas ja estão presas hoje, no ano o GRECO já prendeu mais de 100 pessoas envolvidas nesses crimes. Hoje inclusive nós impedimos com essa ação do GRECO algo grave, um possível sequestro de um empresário envolvido no ramo do ensino particular de uma escola, essa pessoa será contactada justamente para mudar sua rotina, os presos são elementos perigosos e dará uma calma no Piauí”, afirmou.

Segundo o coordenador do GRECO, delegado Willame Morais, essa operação é continuidade da operação da semana passada. “Temos 16 mandados de prisão e 28 mandados de busca, estamos querendo prevenir a ação dessas organizações criminosas. Semana passada nós conseguimos evitar três assaltos a banco no Maranhão e no Piauí e agora com essa ação um casal de ensino privado ia ser sequestrado e feita a extorsão”, disse.  

A operação acontece após cinco meses de intenso trabalho de investigação policial e conta com a participação de cerca de 100 policiais civis, com apoio com Ministério Público Estadual, Central de Inquéritos do TJ-PI, na pessoa do Juiz Luis Moura, além da Delegada Vanda Abreu.

A ação também conta com apoio da Polinter, Homicídios, Delegacia de União, José de Freitas, Altos, 1°DP, 2°DP, 4°DP, 5°DP, 7°DP, 12°DP, 8°DP, 23°DP, além da Polícia Militar do Piauí e Delegacia Regional de Timon-MA.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site

1234