Jogos de pôquer

SEÇÕES

Gestores estariam pedindo o afastamento de Daniel Oliveira da Sejus

Gestores estariam pedindo o afastamento de Daniel Oliveira da Sejus

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Na edição desta quinta-feira do quadro Jogo do Poder, do Jornal Agora, o jornalista Arimateia Carvalho trouxe a informação de que o juiz titular da Vara de Execuções Penais, juiz José Vidal, contestou a informação divulgada pela Secretaria de Justiça após uma criança ser encontrada em uma cela da Penitenciária Major César Oliveira. 

A secretaria afirmou que houve uma mudança na legislação em 2014 e que a partir desta mudança, os menores de idade podem entrar no sistema prisional, para visitas. O magistrado informou ao jornalista que a secretaria se equivocou, já que, na verdade, a legislação restringiu ainda mais o acesso de menores de idade aos presídios. 

De acordo com o juiz, a legislação determina que os menores de idade só podem entrar em presídios acompanhados dos pais e com a autorização do juiz da Vara da Infância e da Juventude. Com exceção dos casos em que os próprios pais dos menores sejam os visitados, ou seja, estejam presos. O juiz José Vidal ainda disse para o jornalista que o secretario de Justiça do Piauí pode ser punido se não cumprir esta lei. 

Sobre o assunto,  a jornalista Samantha Cavalca afirmou que o governador Wellington Dias, que está em Brasília, recebeu ligações de secretários do governo questionando se a manutenção de Daniel Oliveira à frente da Secretaria de Justiça é a melhor saída para o governo neste momento. Segundo a jornalista, o governador não se posicionou sobre o assunto. 

Pesquisa 

O Instituto Paraná Pesquisas divulgou um pesquisa que pode não ser um bom presságio para os parlamentares que votarem contra o prosseguimento das denuncias contra o presidente Michel Temer. O instituto fez duas perguntas aos eleitores.

A primeira foi: "você votaria em um deputado que votasse pelo arquivamento da denúncia contra Michel Temer?” Neste caso, 74,9% dos entrevistados disseram que não votariam, 13,3% afirmaram que votariam, 8,5% responderam que talvez votariam e 3,3% responderam que não sabem.

De acordo com a analise dos jornalista do Jogo do Poder, a pesquisa não deve alterar a intenção de voto dos deputados a respeito da denuncia contra Temer. Especialmente pelo fato de os parlamentares acreditarem que há um ano das eleições, o voto favorável a Temer não implicará em grandes prejuízos na votação de 2018.  

Já a segunda pergunta feita aos eleitores foi: "você votaria em um candidato apoiado pelo presidente Michel Temer?” Neste cenário,  75,8% dos ouvidos afirmaram não votar, 8,3% disseram que votariam, 13,8% afirmaram que talvez votariam em um candidato apoiado por Temer e 2,2 ainda não sabem.

Já neste segundo cenário, os jornalista afirmaram acreditar que Michel Temer deve se eximir das disputas em 2018, não apoiando abertamente nenhum candidato, principalmente pela rejeição histórica registrada contra ele. 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site

1234