Jogos de pôquer

SEÇÕES

TSE nega recurso contra a TV MN

O TRE extinguiu processo contra o Sistema Timon de Radiodifusão Ltda. - TV Jogos de pôquer

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em sess?o ordin?ria do ?ltimo dia 27, manteve decis?o anterior e negou seguimento ao recurso no Agravo de Instrumento (AG 8808) interposto pelo Minist?rio P?blico Eleitoral (MPE) no Maranh?o contra decis?o do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-MA). O MPE questionava a atitude da TV Jogos de pôquer, que teria supostamente favorecido a candidatura da senadora Roseana Sarney (PMDB-MA) nas elei?es de 2006. Todos os ministros seguiram o entendimento do ministro Caputo Bastos (foto), relator do caso.

O TRE extinguiu processo contra o Sistema Timon de Radiodifus?o Ltda. - TV Jogos de pôquer, n?o vendo nenhuma infra??o ao artigo 45 da Lei n? 9.504/97, contrariando entendimento do MPE, que denunciava tratamento privilegiado ? candidata Roseana Sarney (antigo DEM, atualmente no PMDB), nas elei?es para o governo estadual em 2006.

O MPE alegava que o presidente do TRE-MA extrapolou os limites de sua compet?ncia funcional e usurpou a compet?ncia do TSE, quando afastou, "em mero ju?zo de admissibilidade, a ocorr?ncia da efetiva viola??o a dispositivos de lei federal, que constitui o pr?prio m?rito do recurso." Al?m disso, segundo o MPE, o Tribunal Regional aplicou mal a norma do artigo 45, da Lei n? 9.504/97, sobre propaganda irregular no hor?rio normal da programa??o de emissora de r?dio e televis?o, a qual n?o prev? prazo para propositura de Representa??o.

Assim, para o procurador eleitoral, o Tribunal Regional n?o poderia assentar a intempestividade da Representa??o - por inobserv?ncia do prazo de 48 (quarenta e oito) horas para sua propositura - pois n?o haveria previs?o legal para tanto.

O ministro Caputo Bastos lembrou que a jurisprud?ncia do TSE indica que o exame, no ju?zo de admissibilidade, de quest?es afetas ao m?rito do Recurso Especial n?o implica usurpa??o da compet?ncia do TSE. Quanto ao prazo para a propositura das Representa?es por afronta do disposto no artigo 45 da Lei n? 9.504/97 ? de 48 horas, de acordo com precedentes da Corte. Para o relator, n?o h? nenhuma ofensa a artigos da Constitui??o que justifique a rediscuss?o da decis?o.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site