Jogos de pôquer

SEÇÕES

PTB se funde, acaba e agora renasce com bandeira vermelha e longe de Roberto Jefferson

Na última sexta-feira (1º), o TSE deu sinal verde para que os brizolistas iniciem a coleta de assinaturas visando a recriação do PTB

PTB era uma legenda que abraçava o bolsonarismo | Montagem/MeioNorte
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Menos de um mês após sua extinção devido à fusão com o Patriota, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) está em processo de renascimento, buscando uma nova identidade ao abrigar brizolistas.A legenda pretende retornar às suas raízes, associadas aos ex-presidentes Getúlio Vargas e João Goulart, além de Leonel Brizola, ex-governador do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul.

O PTB, anteriormente liderado pelo ex-deputado direitista Roberto Jefferson, que está preso desde outubro de 2022, quando confrontou policiais federais em sua residência, agora planeja uma mudança radical para o espectro político da esquerda.

Na última sexta-feira (1º), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu sinal verde para que os brizolistas iniciem a coleta de assinaturas visando a recriação do PTB. O partido consta no rol do tribunal como "partido em formação" e tem dois anos para angariar 500 mil assinaturas.

Partido da Renovação Democrática

Após a fusão com o Patriotas, que deu origem ao Partido da Renovação Democrática (PRD), ambos tentaram contornar a cláusula de barreira, já que não obtiveram desempenho suficiente nas eleições para a Câmara dos Deputados, o que garantiria acesso aos fundos partidário e eleitoral.

À frente da recriação está o ex-deputado constituinte Vivaldo Barbosa, que foi secretário da Justiça durante o mandato de Brizola no Executivo fluminense em 1983. Barbosa, que será o presidente do partido, enfatiza o desejo de resgatar o verdadeiro caráter trabalhista do PTB.

Fundado em 1945 por Getúlio Vargas, o PTB foi extinto durante a ditadura militar e refundado em 1980 por Ivete Vargas, sobrinha-neta do ex-presidente. A batalha judicial entre Ivete Vargas e Brizola pelo controle do partido resultou na afiliação de Roberto Jefferson e em uma guinada à direita.

Resgate dos ‘princípios-raiz’

A nova versão do PTB já possui um estatuto que reverte as mudanças adotadas sob a presidência de Jefferson, incluindo a troca de cores da bandeira. O partido agora retoma as cores originais, com três listras verticais e o nome escrito no centro. O estatuto também define que o PTB se inspirará nos princípios de democracia, nacionalismo, trabalhismo, socialismo e na prática da República.

O número do partido nas urnas, o 14, ainda será confirmado após a coleta de todas as assinaturas necessárias. Segundo Barbosa, o novo PTB já está presente em 20 estados e iniciou a coleta de assinaturas, faltando apenas alguns estados para estabelecer suas comissões. "Vamos ampliar nossa organização, cobrir todos os estados e mergulhar na discussão política", afirma Barbosa.

Para mais informações, acesse fcvizela.com

Leia Mais


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site