Jogos de pôquer

SEÇÕES

PGR denuncia mais 150 suspeitos de participação nos atos golpistas

Denunciados são pessoas que foram detidas no acampamento golpista montado em frente ao QG do Exército em Brasília.

PGR denuncia mais 150 suspeitos de participação em atos golpistas | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A Procuradoria-Geral da República apresentou nesta sexta-feira (27) mais 150 denúncias contra pessoas suspeitas de participar dos atos golpistas do dia 8 de janeiro em Brasília.As denúncias foram encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Agora, caberá ao plenário do STF decidir se aceita a denúncia e transforma os acusados em réus. Ainda não há data marcada para a análise.

PGR denuncia mais 150 suspeitos de participação nos atos golpistas

Os denunciados são pessoas que foram detidas no acampamento golpista montado em frente ao Quartel-General do Exército em Brasília.

De acordo com o Ministério Público, os denunciados são acusados de:

  • associação criminosa
  • incitação ao crime equiparada pela animosidade das Forças Armadas contra os Poderes Constitucionais

Os denunciados, conforme a PGR, estão presos em unidades prisionais do Distrito Federal. Eles passaram por audiência de custódia e tiveram as prisões convertidas em preventivas.

Trata-se da quinta remessa de denúncias contra golpistas apresentadas pela PGR. Ao todo, 254 já foram encaminhadas, segundo a instituição.

Acampamentos

As denúncias são assinadas pelo subprocurador-geral da República Carlos Frederico Santos, coordenador do Grupo Estratégico de Combate aos Atos Antidemocráticos, criado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras.

Para o subprocurador, o acampamento na capital federal possuía "evidente estrutura a garantir perenidade, estabilidade e permanência" dos bolsonaristas radicais que defendiam um golpe de Estado.

Outras denúncias

A PGR também já apresentou outras denúncias relacionadas aos atos golpistas de 8 de janeiro:

  • 54 bolsonaristas radicais detidos no acampamento que ficava em frente ao Quartel-General do Exército
  • 39 pessoas que invadiram Senado
  • 5 envolvidos em ataques ao Supremo Tribunal Federal
  • 5 suspeitos de depredação na Câmara dos Deputados



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site