Jogos de pôquer

SEÇÕES

PF busca e apreende bens e armas de financiadores do ataque golpista do 8/1

A operação garante que os recursos sejam ressarcidos pelos prejuízos estimados em R$ 40 milhões decorrentes do vandalismo

Ataques antidemocráticos do 8 de janeiro | Marcelo Camargo/Agência Brasil
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Nesta terça-feira (05), a mais recente fase da operação Lesa Pátria foi desencadeada com o objetivo de investigar e desmascarar tanto pequenos quanto grandes financiadores que contribuíram financeiramente para o transporte dos participantes dos ataques golpistas realizados em 8 de janeiro deste ano. Essa operação resultou na chegada em massa de manifestantes a Brasília, marcando um dos maiores desafios à democracia na história recente do país.

As autoridades estão empenhadas em rastrear os endereços dos financiadores e também em apreender seus passaportes, propriedades e armas. O principal objetivo desta ação é "descapitalizar" esses indivíduos, garantindo assim que os recursos públicos sejam ressarcidos pelos prejuízos estimados em R$ 40 milhões decorrentes dos acontecimentos de 8 de janeiro.

Leia Mais

Esta fase da operação Lesa Pátria é considerada pelos investigadores como uma das mais cruciais até o momento. Além de enfraquecer a influência dos financiadores, esta ação está sendo executada na Semana da Pátria, apenas dois dias antes do feriado de 7 de setembro, em uma clara demonstração didática da determinação das instituições em combater qualquer tentativa de golpe contra a ordem democrática.

Relembre o ocorrido

Os ataques golpistas de 8 de janeiro no Brasil referem-se a manifestações que ocorreram nessa data, caracterizadas por ações antidemocráticas partindo de manifestantes radicais, a fim de tentar desestabilizar o governo Lula (PT) e as instituições democráticas do país. Grupos bolsonaristas se envolveram em atos de violência e invadiram o Congresso Nacional, representando um sério desafio à ordem democrática. As autoridades estão investigando e tomando medidas legais contra os envolvidos nesses eventos para preservar a estabilidade democrática e responsabilizar os culpados.

Para mais informações, acesse fcvizela.com



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site