Jogos de pôquer

SEÇÕES

Lula celebra os 44 anos do PT e fala em combater o ódio e a desinformação

Em seu texto, Lula relembrou os primeiros passos do partido e avanços alcançados

Presidente Lula publicou texto em homenagem aos 44 anos do partido | Ricardo Stuckert
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Neste sábado (10), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva utilizou suas redes sociais para homenagear o Partido dos Trabalhadores (PT) pelo seu 44º aniversário de fundação. Em seu texto, Lula relembrou os primeiros passos do partido, desde a bandeira simples, de cor vermelha, costurada por sua então esposa, Marisa, até os desafios enfrentados e superados ao longo das décadas.

"Por trás daquela bandeira improvisada havia uma determinação muito sólida: mudar a história deste país. E nós mudamos. O PTnasceu enfrentando a ditadura. E ajudou o Brasil a vencer a ditadura. O PT cresceu num momento em que o povo não tinha direitos. E com apenas oito anos de existência ajudou a gravar na Constituição os direitos do povo brasileiro",destacou ao elencar momentos históricos enfrentados em quatro décadas.

Lula também destacou os avanços e conquistas sociais que, segundo ele, "nenhum outro partido jamais foi capaz de realizar". 

"Levamos 22 anos para chegar ao governo. E em apenas 13 anos no governo conseguimos o que nenhum outro partido, em qualquer momento da história, jamais foi capaz de realizar. Fizemos o país crescer com inclusão social. Tiramos o Brasil do Mapa da Fome. Colocamos o povo pobre no orçamento, na universidade e na vida digna", complementou.

Lula também enfatizou a importância de retornar às raízes do partido, ao mesmo tempo em que se adapta aos desafios da era digital e destacou a necessidade de envolver as pessoas nas ruas e nas redes sociais, combatendo o ódio, a desinformação e as fake news.

"É preciso percorrer de novo o Brasil, ocupar as ruas, conversar com as pessoas nos bairros, igrejas, locais de trabalho, movimentos sociais, universidades. Jamais perder de vista a sabedoria do povo brasileiro. Mas é preciso também promover o debate nas redes sociais. Combater o ódio, a desinformação e as fake news. E assim mostrar àqueles que de tempos em tempos anunciam a morte do PT, que nós estamos mais vivos do que nunca. E cada vez mais jovens. Viva o PT. E viva a extraordinária militância do PT", completou.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site