Jogos de pôquer

SEÇÕES

Com STF e PGR em jogo, Dino e Gonet começam a costurar apoio no Senado

Para serem empossados, os indicados precisam conquistar o voto favorável de, no mínimo, 41 dos 81 senadores

Paulo Gonet, Lula e Flávio Dino | Ricardo Stuckert/PR
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Faltando menos de duas semanas para as sabatinas, o ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB-MA), e o subprocurador-geral da República, Paulo Gonet, estão mobilizando esforços para angariar apoio entre os senadores para suas respectivas indicações ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à chefia da Procuradoria-Geral da República (PGR). As nomeações foram feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na última segunda-feira (27) e agora aguardam aprovação do Senado, que realizará as sabatinas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em 13 de dezembro.

Antes de serem votadas no plenário principal, as indicações precisam ser aprovadas pela CCJ. O processo requer, no mínimo, 41 votos favoráveis. Em busca de apoio, Flávio Dino já se reuniu com o vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), e teve encontros com o relator de sua indicação na CCJ, o senador Weverton (PDT-MA). Além disso, participou de um jantar com senadores promovido pelo líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP).

O subprocurador Paulo Gonet, indicado para chefiar a PGR, está iniciando seus encontros para buscar apoio. Na manhã desta quarta-feira (29), reuniu-se com o líder do PSD na Casa, Otto Alencar (BA), e à tarde terá sua primeira reunião com o relator de sua indicação, o senador Jaques Wagner (PT-BA), visando à construção do relatório.

A expectativa é que os pareceres dos senadores Weverton e Jaques sejam apresentados na próxima semana. Jaques Wagner, líder do governo no Senado, expressou otimismo quanto à aprovação dos nomes indicados por Lula, destacando que a base aliada ao Planalto está comprometida em angariar votos para Dino e Gonet.

"Agora, não posso adivinhar, não tenho bola de cristal. Vamos trabalhar o tanto que for necessário. Os dois candidatos têm que fazer a sua romaria. São 81 votos. Como todo candidato, eles têm que pedir votos", afirmou o senador.

Para mais informações, acesse fcvizela.com

Leia Mais


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site