Jogos de pôquer

SEÇÕES

Bolsonaro se revolta, xinga Lula de jumento e fala em voltar ao Planalto

Em suas palavras, Bolsonaro questionou: “A quem interessa eu ou um entreguista na Presidência da República? Um analfabeto. Um jumento, por que não dizer assim?”.

Bolsonaro se revolta, xinga Lula de jumento e fala em voltar ao Planalto | Reprodução/Facebook
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Segundo informações divulgadas pelos jornais Folha de São Paulo e Estado de Minas, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ) esteve presente na cerimônia de filiação de Fernando Holiday ao Partido Liberal (PL) em São Paulo, nesta terça-feira (25/7). Durante seu discurso, Bolsonaro usou linguagem ofensiva para atacar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), manifestou descontentamento com sua inelegibilidade e expressou sua visão de que retornar ao Palácio do Planalto seria uma missão.

Em suas palavras, Bolsonaro questionou:"A quem interessa eu ou um entreguista na Presidência da República? Um analfabeto. Um jumento, por que não dizer assim?".

Leia Mais

O ex-presidente continuou sua crítica ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que o tornou inelegível até 2030, afirmando que o sistema eleitoral está sendo atacado. Ele lamentou o fato de um político ser punido não por seus erros ou defeitos, mas por suas virtudes. Bolsonaro disse ainda que, embora quisesse estar na praia, entende seu retorno à presidência como uma missão.

Bolsonaro foi condenado pela Justiça Eleitoral após uma representação do PDT, que o acusou de abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação durante uma reunião com embaixadores em 2022. Na ocasião, enquanto pré-candidato à reeleição, ele atacou o sistema eleitoral e divulgou fake news sobre as urnas eletrônicas em uma emissora estatal de TV.

Enquanto isso, Fernando Holiday, vereador em São Paulo, filiou-se ao Partido Liberal (PL) mesmo recebendo críticas de pessoas próximas ao ex-presidente Bolsonaro. Esse é o quinto partido ao qual ele se filia em sua trajetória política, sendo anteriormente membro do Movimento Brasil Livre (MBL). Durante seu discurso, Holiday fez uma analogia de seu retorno ao PL como um "filho pródigo que retorna para casa". Ele já havia apoiado Bolsonaro em 2018, mas ao longo dos anos de mandato, fez severas críticas ao então presidente, e agora expressa arrependimento por suas posições anteriores.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site