Jogos de pôquer

SEÇÕES

Bolsonaro perde ação contra Lula e não receberá indenização de R$ 10 mil

O processo envolvia a busca de uma indenização de R$ 10 mil por parte de Bolsonaro, que contestava duas declarações públicas de Lula

Lula e Jair Bolsonaro | Reprodução/O Globo
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A apelação apresentada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na ação por danos morais contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi rejeitada pela 7ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) na quinta-feira (30/11). A decisão, unânime, manteve o veredicto da primeira instância, que encerrou o caso por considerá-lo inválido.

O processo envolvia a busca de uma indenização de R$ 10 mil por parte de Bolsonaro, que contestava duas declarações públicas de Lula. A primeira referia-se à associação do presidente ao suposto proprietário de uma mansão nos Estados Unidos, registrada em nome do irmão de Mauro Cid, ex-ajudante de Ordens da Presidência. A segunda alegação era relacionada aos termos "gangster" e "vagabundo" usados por Lula para se referir a Bolsonaro durante discursos.

Pergunta a Flávio Dino

Além disso, ex-presidente compartilhou com seus aliados uma sugestão de pergunta a ser feita a Flávio Dino (PSB-MA) durante a sabatina do indicado por Lula ao Supremo Tribunal Federal (STF) no Senado. No vídeo compartilhado na quinta-feira (30), Dino faz um breve comentário sobre a segurança das urnas eletrônicas, levando Bolsonaro a defender que o ministro seja interrogado sobre o tema.

Bolsonaro escreveu: “Flávio Dino questionando as urnas eletrônicas. Já que ele será sabatinado no Senado, sugere-se perguntar sobre a confiabilidade desse sistema. Hoje se cassa mandatos ou se pune com inelegibilidade quem duvida das urnas”.

Para mais informações, acesse fcvizela.com

Leia Mais


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site