Jogos de pôquer

SEÇÕES

Presos, Influenciadores movimentaram R$ 3,5 milhões em rifas ilegais e ostentavam luxo

A polícia mineira informou que cinco indivíduos foram presos em flagrante na rodovia BR-116. Na ação, os policiais apreenderam dez carros, 12 motos e duas motos aquáticas

Influenciador ostentava vida de luxo | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Influenciadores que exibiam uma vida de luxo em Juiz de Fora (MG) foram presos pela Polícia Civil de Minas Gerais após movimentarem cerca de R$ 3,5 milhões, conforme revelado por investigações. O grupo, envolvido em práticas de rifas ilegais nas redes sociais, teve sete de seus membros detidos na última terça-feira (28).

Durante uma coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (29), a polícia mineira informou que cinco indivíduos foram presos em flagrante na rodovia BR-116, enquanto se dirigiam para Além Paraíba (MG) para entregar uma motocicleta rifada na cidade.

Os outros dois suspeitos foram localizados em suas residências, onde foram encontrados materiais ilícitos. As prisões ocorreram no âmbito da operação "Provérbios 16:18", que investigava crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa, rifa ilegal e sonegação de impostos.

Entre os detidos encontra-se Wesley Alves, um influenciador que conta com quase 300 mil seguidores nas redes sociais. Os nomes dos demais envolvidos ainda não foram divulgados.

Na ação, os policiais apreenderam dez carros, 12 motos e duas motos aquáticas. Além disso, foram confiscados 200 pacotes de cigarros, aparelhos celulares e R$ 14 mil em dinheiro. Três estabelecimentos comerciais ligados ao grupo foram interditados.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site