Jogos de pôquer

SEÇÕES

Pastor e esposa são presos acusados de estuprar filho adotivo de 6 anos

De acordo com a vítima, os pai adotivo a beijava na boca no peito e a colocava sentada no colo de uma maneira cômoda

Pastor e esposa são presos por estupro | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um pastor não identificado, e a mulher dele, foram presos após abusarem sexualmente do próprio filho adotivo de apenas 6 anos.A prisão ocorreu em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (12), com base em denúncias feitas pela vítima ainda no ano de 2021 ao Serviço de Acolhimento Familiar.

A criança apresentou queixas de dores na região abdominal e ardência ao urinar. O homem, de 62 anos, é pastor evangélico da Assembleia de Deus Palavra de Vida. Segundo as investigações, a vítima teria relatado que o pai adotivo, entre outras ações, a "beijava na boca, tocava no peito e a colocava sentada no colo de uma maneira que a incomodava". Adicionalmente, a mãe, de 61 anos, foi acusada de agredir a menina e forçá-la a consumir pimenta.

O casal foi conduzido à 74ª Delegacia de Polícia (Alcântara) e, posteriormente, encaminhado ao sistema prisional. Eles responderão pelas acusações de maus-tratos e estupro de vulnerável.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site