Jogos de pôquer

SEÇÕES

Ex-senador suspeito de mandar matar mãe da própria filha está foragido

Telmário Mota teve a prisão preventiva decretada, e a Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira (30) uma operação para prendê-lo.

Ex-senador suspeito de mandar matar mãe da própria filha está foragido | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A Polícia Civil de Roraima está à procura do ex-senador da República, Telmário Mota, de 65 anos. Ele é investigado por mandar matar Antônia Araújo de Sousa, de 52 anos, a mãe de uma de suas filhas. A vítima foi assassinada em setembro deste ano com um tiro na cabeça quando saía de casa em Boa Vista (RR).

Telmário Mota teve a prisão preventiva decretada, e a Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira (30) uma operação para prendê-lo, mas ele não foi localizado. Conforme a investigação, além do ex-senador, um sobrinho dele e o suspeito de dar o tiro que matou Antônia, estão sendo procurados.

Informações preliminares dão conta de que o ex-senador está em Brasília, onde policiais tentaram localizá-lo. Na manhã desta segunda, a Polícia Civil cumpriu três mandados de prisão e sete de buscas e apreensão, com apoio da Polícia Militar, da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Ex-senador suspeito de mandar matar mãe da própria filha está foragido | FOTO: Reprodução

ENVOLVIDOS NO CRIME

  • Harrison Nei Correa Mota, conhecido como "Ney Mentira", sobrinho do senador. Contra ele há um mandado de prisão e buscas;
  • Leandro Luz da Conceição, suspeito de dar o tiro que matou Antônia. Contra ele há um mandado de prisão e buscas;
  • Cleidiane Gomes da Costa, assessora de Telmário. Contra ela, há mandado de busca e apreensão e de cumprimento de medidas cautelares.

QUEM É TELMÁRIO MOTA

Formado em economia e contabilidade, Mota começou a carreira política em 2007 na Câmara Municipal de Boa Vista, quando assumiu uma vaga de vereador por ter ficado como primeiro suplente na eleição municipal de 2004. Porém, ele só foi eleito dez anos depois, em 2014, como senador, quando fazia fortes críticas a Romero Jucá (MDB), que dizia ser seu rival político.

Já nas eleições de 2018, ele foi candidato ao governo de Roraima pelo PTB, mas não se elegeu. Durante a campanha, o então candidato se autopromovia como "doido" e pedia para que os eleitores o dessem uma chance por isso.

Além da acusação da morte de Antônio, em agosto de 2022, a filha de Telmário afirmou que ele a assediou, tocou em suas partes íntimas e tentou arrancar a sua roupa no Dia dos Pais. Na época, ela tinha 17 anos

MORTE DE ANTÔNIA ARAÚJO

Antônia Araújo de Sousa, mãe da jovem, foi morta com um tiro na cabeça quando saia de casa no dia 29 de setembro, no bairro Senador Hélio Campos, zona Oeste em Boa Vista.

Ex-senador suspeito de mandar matar mãe da própria filha está foragido | FOTO: Reprodução

Ela estava dentro de um carro com um parente na calçada de casa, por volta das 6h30, quando dois homens chegaram em uma motocicleta. Um deles a chamou e em seguida atirou em Antônia.

Antônia morreu ainda no local, na calçada de casa. No local do crime, a filha da vítima prestava esclarecimento aos agentes com as roupas cobertas de sangue. A vítima era servidora do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami e Yek'uana (Dsei-YY), desde 2017.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site