Jogos de pôquer

SEÇÕES

Exclusivo Blogueiro Maranhense Wathilla Santana é preso acusado de organização criminosa

No total, os policiais prenderam 8 pessoas e cumpriram 11 mandados de busca e apreensão.

Blogueiro preso no Maranhão | Foto: Instagram
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O influenciador maranhense Wathilla Santana foi preso durante a operação  Midas II na manhã desta quarta-feira (29), acusado de associação criminosa no município de São Domingos do Maranhão-MA. No total, os policiais prenderam 8 pessoas e cumpriram 11 mandados de busca e apreensão em Presidente Dutra-MA, Timon-MA e Teresina-PI.

Conforme informações repassadas ao Jogos de pôquer.com, pelo delegado Denis Lopes, da Polícia Civil do Maranhão, com o blogueiro foram encontradas joias e veículos roubados.

Ainda de acordo com a autoridade policial, os irmãos do influenciador estão ligados diretamente com o latrocínio do empresário Rogério Tenório, que é pai da ex-secretária de Cultura de São Domingos do Maranhão. 

"A operação Midas II é resultado de uma investigação de aproximadamente 07  meses realizada pela Polícia Civil , para apurar, três inquéritos policiais, de crimes de homicídio qualificado, roubos majorados pelo emprego de arma de fogo e concurso de agentes, receptação e associação criminosa. Consta dos autos dos respectivos inquéritos policiais que os investigados são integrantes de associação criminosa onde parte dos membros foi responsável por matar um empresário, em janeiro de 2023, por volta das 14h40min, na rua São José, Centro, em São Domingos do Maranhão-MA", falou o delegado.

"Naquela ocasião, um dos criminosos conhecido pela alcunha de Magrão acabou sendo preso no interior de um matagal após ser atingido por disparo de arma de fogo. O caminhar da investigação revelou o coautor de “Magrão” que tinha sido o responsável por conduzir a motocicleta utilizada na ação criminosa, bem como descortinou que seriam os mandantes do referido crime", acrescentou.

Ainda de acordo com Denis Lopes, outra parte da quadrilha criminosa também foi responsável por praticar dois crimes de roubo à residências localizadas em São Domingos do Maranhão, nos meses de maio e julho do corrente ano, onde foram subtraídos aproximadamente R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) em espécie, bem como aproximadamente R$ 700.000,00 (setecentos mil reais em joias). Em uma das ocasiões, os criminosos trocaram tiros com as forças de segurança pública, evitando a prisão flagrancial.

"As investigações terão prosseguimento com o fim de colher outros elementos de autoria delitiva e capturar os demais membros do bando criminosa que atuava na região de São Domingos do Maranhão/MA, Governador Eugênio Barros-MA, Governador Acher-MA, Timon-MA, Presidente Dutra-MA, Timon-MA, Coelho Neto-MA, Caxias-MA, União-PI e Teresina-PI", concluiu o delegado.

Ainda no decorrer da operação Midas II, outros 04 alvos da investigação, além de serem presos por força do cumprimento de mandado de prisão temporária, foram presos em flagrante delito por crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, tráfico de drogas e adulteração de sinal identificador de veículo. Foram apreendidos 02 automóveis, 02 armas de fogo do tipo pistola G2C, aproximadamente 90 munições de calibre 9mm e 38.

Após os procedimentos, todos os presos foram encaminhados às respectivas unidades prisionais, onde deverão permanecer à disposição da Justiça.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site