Jogos de pôquer

SEÇÕES

PM lança “Operação Teresina Segura 2” e reforçará policiamento na capital

Na primeira fase, foi registrada uma queda no número de ocorrências geradas pela população (659)

PM lança “Operação Teresina Segura 2” e reforçará policiamento na capital | Ascom
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

APolícia Militar do Piauí lançou na noite de quarta-feira (27), a segunda fase da operação “Teresina Segura”. Dando continuidade à estratégia de alocação dos recursos operacionais utilizando a tecnologia da informação, a ação voltará a intensificar o policiamento ostensivo e preventivo em todas as zonas da capital, sobretudo em locais com um maior fluxo de pessoas, tais como bares, restaurantes, paradas de ônibus, praças, dentre outros.

Na primeira fase, foi registrada uma queda no número de ocorrências geradas pela população (659), comparados aos do fim de semana anterior à ação (805). Além disso, com a redução das ocorrências geradas, em decorrência da presença massiva do efetivo distribuído por meio de estudo preliminar de operações realizado pelo Comando de Policiamento Metropolitano, foi registrada a diminuição dos índices de armas de fogo e drogas ilícitas apreendidas. A operação Teresina Segura 2 vai até o próximo dia 30. Serão realizadas ações de blitz de trânsito, policiamento motorizado e a pé, além do aéreo.

"Esse segundo momento da operação Teresina segura traz um plus no tocante à avaliação feita na primeira edição. Continuamos utilizando o dashboard operacional para fazer a avaliação de onde colocar o policiamento, qual tipo e modalidade e fazemos menção às informações coletadas através do 190. As pessoas imaginam que o número é apenas de emergência, mas há uma riqueza de informações que o cidadão nos repassa através das ligações", disse o coronel Lucena, coordenador geral da operação. 

Com isso, diante dos dados coletados, a operação monta a estratégia de dividir a tropa para verificar onde o policiamento deve ser mais reforçado. O efetivo disponibilizado é de 90 policiais. "Estamos mais cirúrgicos. Hoje são 90 policiais onde a população mais cobra da Polícia Militar, onde nós podemos colocar nossos recursos para ter uma efetividade melhor. Então, dentro desse aspecto, o trabalho de hoje traz uma atenção mais pormenorizada, evoluindo com o trabalho da primeira edição", finaliza.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site