Jogos de pôquer

SEÇÕES

Hidrogênio verde deve gerar até 10 mil empregos no Piauí, diz Victor Hugo

Presidente da Investe Piauí, Victor Hugo apresentou detalhes sobre os investimentos bilionários na produção de hidrogênio do Piauí

Presidente da Investe Piauí concedeu entrevista coletiva | Ascom
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (28), o presidente da Agência de Atração de Investimentos Estratégicos do Piauí S/A (Investe Piauí), Victor Hugo Almeida, mostrou os detalhes sobre os investimentos bilionários na produção de hidrogênio do Piauí e também fez um balanço das viagens internacionais realizadas pelo governador Rafael Fonteles neste ano. 

Um dos resultados dessas viagens, na Semana Europeia de Hidrogênio, no dia 20 deste mês, a presidente da União Europeia (UE), Ursula von der Leyen, acenou o apoio para a construção da usina de hidrogênio verde em Parnaíba, no litoral do estado. Com a usina já licenciada em Parnaíba, Victor Hugo pontuou que o Piauí tem se tornado uma "meca" para  os investidores neste setor em todo o mundo da área devido ao ambiente e recursos naturais propícios para a produção do combustível renovável. Isso porque, 70% do custo de produção do hidrogênio é associado à  facilidade de água, zonas de processamento de exportação e incentivos fiscais.

"O Piauí apresenta um fator raro no mundo: abundância de sol, vento e água tanto no subsolo quanto nos rios. Esses três recursos, aliados à existência da Zona de Processamento e Exportação que temos localizada em Parnaíba, oferecem condições ideais para atração desses investimentos concretos no Piauí", afirmou. 

Victor também ressaltou que, no mês de outubro, a empresa europeia Green Energy Park (GEP) assinou com o Governo do Piauí uma carta de intenções para o projeto de hidrogênio verde. Com investimentos de 10 bilhões de euros (R$ 50 bilhões), o acordo prevê a construção de um parque de hidrogênio verde em Parnaíba

Investimentos iniciais

Victor Hugo destacou que serão investidos em torno de 14 bilhões de euros (60 bilhões), para garantir o parque de energia verde com uma instalação de produção de 10 gigawatts de hidrogênio limpo e amônia. Para isso, também será construído o terminal de amônia no Porto de Luís Correia, que será utilizado para receber o H2V em estado de amônia e garantir a logística pelos canais de acesso da Europa.

Para garantir a produção de hidrogênio verde, o projeto vai precisar passar por fases até 2035, sendo a primeira etapa prevista para ser inaugurada em 2027. "Para garantir a competitividade do potencial energético do Piauí, precisaremos estabelecer um cronograma mais detalhados às empresas e garantir condições de exportação e produção do combustível", detalha o presidente. "É um projeto minucioso, bem complexo, mas que conta com investimentos e ações concretas por parte do estado para que se torne realidade", complementa Victor.

Piauí na COP

Nesta quarta-feira (29), Victor Hugo Almeida e o governador Rafael Fonteles (PT) embarcam para Dubai junto à comitiva do presidente Lula, na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2023, a COP28. No evento, eles vão apresentar também o projeto do hidrogênio verde e explicar as potencialidades do estado e o panorama da transição energética do estado no Brasil.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site