Jogos de pôquer

SEÇÕES

CCJ aprova moção de apoio à criminalização do porte de drogas

A proposta é do deputado estadual Henrique Pires (MDB)

Deputado Henrique Pires | Ascom
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Piauí votou favoravelmente à proposta do deputado estadual Henrique Pires (MDB) para o envio de Moção de Apoio à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pretende criminalizar o porte de drogas em qualquer quantidade, de iniciativa do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

 A PEC busca incluir no artigo 5º da Constituição Federal o seguinte dispositivo: “a lei considerará crime a posse e o porte, independentemente da quantidade, de entorpecentes e drogas afins sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentação”.

 Henrique Pires, em sua justificativa, corrobora a argumentação do presidente do Senado de que não considerar crime o porte de drogas pode acarretar no fortalecimento do tráfico, que o Supremo Tribunal Federal (STF) não pode tomar decisões contrárias às leis vigentes e que a PEC visa conferir mais “robustez à vontade do constituinte originário”.

 A finalidade da CCJ é conferir os aspectos constitucionais, legais e jurídicos das propostas enviadas à Alepi. Após a aprovação, a Moção de Apoio segue para ser analisada também politicamente pelo Plenário da Casa.

 ACADEMIAS – Também foi aprovada pela CCJ a Moção de Apoio, proposta pelo deputado Marden Menezes (PP), ao projeto, de autoria do senador Veneziano do Rêgo, que visa permitir a dedução da base de cálculo do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (IRPF) de despesas com academias, centros de saúde física e outros estabelecimentos especializados na prática de atividade física.

Por: Ascom 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site