Jogos de pôquer

SEÇÕES

Após ser o 1° estado em geração de emprego, Piauí é o que tem menos inadimplentes

Serasa divulgou que o Piauí foi o estado com menos pessoas inadimplentes do país, pelo segundo mês consecutivo

Após ser o 1° estado em geração de emprego, Piauí é o que tem menos inadimplentes | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Asiniciativas estratégicas do governo estadual visando o fortalecimento das cadeias produtivas do Piauí, através da promoção de investimentos e o estímulo ao empreendedorismo, estão gerando impactos favoráveis na economia da região. O Piauí não somente lidera o crescimento na criação de empregos a nível nacional, mas também se destaca como o estado com o menor índice de inadimplência no país

Conforme os dados do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados em 27 de julho pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o estado do Piauí registrou um crescimento de 1,29% em sua oferta de empregos durante o mês de junho, comparado a maio. Esse aumento resultou na criação de 4.170 novos postos de trabalho com vínculo empregatício. A variação mensal observada no Piauí foi a mais significativa dentre todos os estados do Brasil, superando tanto a média nacional (0,36%) quanto a média do Nordeste (0,48%). 

Na semana passada, o Serasa divulgou que o Piauí foi o estado com menos pessoas inadimplentes do país, pelo segundo mês consecutivo. De acordo com o estudo, no mês de julho, 35,40% dos piauienses estavam com as contas em atraso, número bem inferior à média nacional de 43,72% e quase 18 pontos abaixo da inadimplência do Rio de Janeiro (53,11%), estado com um dos maiores PIBs do Brasil. Em junho, o Piauí já era o menos inadimplente, com 36,18% dos piauienses com dívidas em atraso.

A secretária do Desenvolvimento Econômico, Janaínna Marques, destaca o papel das ações do Governo Federal e Governo do Estado em investir na geração de empregos e apoiar a recuperação financeira da população. Esse indicador reflete os esforços do Governo do Estado do Piauí em impulsionar o progresso econômico, resultando na consequente elevação das condições de vida da população.

“Ante à eficiente estratégia desenvolvimentista, o Piauí avançou em julho quase 70% das renegociações com o apoio do Programa Desenrola Brasil, do Ministério da Fazenda, com o estado destacando-se entre a média nacional de inadimplência neste mês passado. Como se pode observar, os piauienses estão aderindo às soluções apresentadas pelo novo modelo econômico para reinserir no mercado de trabalho e também do consumo”, disse a gestora.

(Com informações do Governo do Estado)

 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site