Jogos de pôquer

SEÇÕES

Frente fria sobre o Brasil traz temporais, ventos fortes e queda de granizo

O Inmet emitiu um alerta de '“perigo” para tempestades que abrange 11 estados e o Distrito Federal.

Chuvas são previstas com intensidade pra as regiões, sul, centro-oeste e sudeste | JULIO ZERBATTO/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Uma frente fria deve trazer fortes chuvas e causar estragos em boa parte das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Nessa sexta-feira (17), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de '"perigo" paratempestades que abrange 11 estados e o Distrito Federal. Na lista aparecem São Paulo, Rio de Janeiro, sul do Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 

Segundo o INMET,  a combinação de intenso calor, aumento do teor de umidade na atmosfera e padrão de ventos em altas altitudes (forte difluência dos ventos) irá intensificar a probabilidade de ocorrência de tempestades localizadas, acompanhadas por rajadas de vento e queda de granizo em diversas regiões, incluindo São Paulo, Triângulo Mineiro, faixa oeste e sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso.

Neste sábado (18), a frente fria se aproxima ao longo do litoral da Região Sudeste, possibilitando chance de tempestades, com rajadas de vento atingindo velocidades entre 80 km/h e 100 km/h, além de possível queda de granizo, aumenta significativamente no sul de Mato Grosso do Sul, São Paulo, sul de Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

"Para o domingo (19), espera-se uma disseminação dos temporais pela área central do país devido ao aumento na convergência de umidade pelo continente, formando um canal de umidade. Esse padrão, associado a uma atmosfera intensamente quente, úmida e instável, mantém o cenário propício para ocorrência de tempestades"informou o INMET.

Oalerta continua para domingo e a próxima segunda-feira (20), diante da possibilidade de grandes volumes de chuva em São Paulo, especialmente no centro-norte do estado, na capital e na Região Metropolitana, na faixa litorânea e na região do Vale do Paraíba, assim como no sul de Minas Gerais e na região da Zona da Mata mineira, além do Rio de Janeiro. Os acumulados de chuva em 24 horas podem atingir aproximadamente 80 milímetros (mm) e, de forma pontual, superar a marca de 100 mm nessas áreas.

Risco de alagamentos e deslizamentos de terra

Por conta dos altos volumes de chuva previstos especialmente para o Sul e o Sudeste no fim de semana, o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden) alerta para os riscos de alagamentos e deslizamentos de terra.

Para este sábado, o Cemaden emitiu um alerta de alto risco de alagamentos urbanos para o sul de Santa Catarina e a Região Metropolitana de Porto Alegre. O aviso é moderado para a possibilidade de inundações na Grande Florianópolis, Região Metropolitana de Curitiba e nordeste do Rio Grande do Sul.

Fim dos recordes de temperatura

Com a chegada da frente fria amenizando a onda de calor da última semana, a tendência é que as temperaturas fiquem mais próximas à média esperada para o período.

Nos próximos dias, algumas cidades podem enfrentar quedas bruscas de temperaturas. Em São Paulo, por exemplo, a máxima deve ir de 36°C prevista para este sábado para 24°C esperados para a próxima segunda-feira (20).

No Rio de Janeiro, a expectativa é de queda de 14 graus entre sábado e segunda. No sábado, a máxima deve chegar a 42°C, enquanto na segunda não deve passar dos 28°C.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site