Jogos de pôquer

SEÇÕES

13º salário: saiba como as parcelas são calculadas e os prazos de pagamento

Aposentados e pensionistas que recebem benefícios do INSS também têm direito ao 13º salário

13º salário: saiba como as parcelas são calculadas e os prazos de pagamento | Pixabay
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O mês de novembro traz consigo a esperada antecipação do 13º salário, um benefício garantido a todos os funcionários com carteira assinada que tenham trabalhado pelo menos 15 dias durante o ano e não tenham sido demitidos por justa causa. Esse direito também se estende aos servidores públicos, aposentados e pensionistas.

O pagamento do 13º é dividido em duas partes. A primeira parcela deve ser efetuada até o dia 30 de novembro, na qual os trabalhadores recebem 50% do valor total do salário bruto, sem quaisquer descontos. Isso inclui o salário base e outras componentes relacionadas ao rendimento, como horas extras, comissões e adicionais noturnos, de periculosidade e de insalubridade. Vale destacar que valores relativos a auxílio-transporte, auxílio-alimentação, auxílio-creche e participação nos lucros não entram nessa primeira parcela.

A segunda metade do 13º deve ser depositada pelos empregadores até o dia 20 de dezembro, e nesse momento, os descontos legais, como a contribuição ao INSS e o Imposto de Renda, são aplicados. Portanto, a segunda parcela é geralmente menor que a primeira devido a essas deduções.

PAGAMENTO PROPORCIONAL

Os funcionários que exerceram suas atividades por um período de 12 meses têm direito a receber o 13º salário integral. Por outro lado, aqueles que foram contratados ao longo do ano recebem uma quantia proporcional, calculada da seguinte maneira: eles dividem o salário bruto por 12 e, em seguida, multiplicam o resultado pelo número de meses efetivamente trabalhados. 

NÃO RECEBI, E AGORA?

Quem não receber a primeira ou segunda parcela no prazo devido tem direitos. Cabe reclamação junto ao Ministério do Trabalho ou no sindicato da categoria, se houver. A lei que rege o 13º não prevê nenhum tipo de pagamento de multa ou correção monetária em favor do trabalhador em caso de atraso no depósito da gratificação.

APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO INSS

Aposentados e pensionistas que recebem benefícios do INSS também têm direito ao 13º salário. No entanto, é importante observar que o pagamento desse benefício foi antecipado e ocorre nos meses de maio e junho, abrangendo tanto aqueles que recebem benefícios equivalentes a um salário mínimo (R$ 1.320) como os beneficiários que recebem valores acima desse patamar.

(Com informações do Extra)



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site