Jogos de pôquer

SEÇÕES

Francy Teixeira

Coluna do jornalista Francy Teixeira

Secretaria de Saúde publica regras para concessão de férias no Piauí

A portaria também prevê que não será permitida a suspensão ou alteração do período de férias, salvo por solicitação da chefia imediata, justificada por necessidade do serviço, limitando-se a duas alterações anuais.

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Nesta quarta-feira, 27 de setembro, o secretário de Saúde do Piauí, Antônio Luiz Soares Santos, publicou a Portaria em que estabelece as regras para a concessão de férias aos servidores da pasta.

A portaria, embasada no artigo 72 da Lei Complementar nº 13/1994 – Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Piauí e considerando princípios fundamentais da administração pública, tem como objetivo principal efetivar a organização estrutural do escalonamento das férias dos servidores da saúde.

Leia Mais

Portaria foi assinada pelo secretário de Saúde, Antônio Luiz (Foto: Sesapi)

De acordo com a portaria, todos os servidores da Secretaria de Estado da Saúde, incluindo os efetivos, comissionados, cedidos ou à disposição, temporários e prestadores de serviços, terão direito a 30 dias de férias anuais, sendo necessário o cumprimento de 12 meses de exercício para adquirir o direito ao primeiro período de férias.

As férias poderão ser parceladas em até três etapas, de no mínimo, dez dias cada, desde que assim requeridas pelo servidor e no interesse da administração pública. Para servidores que operam direta e permanentemente com raios "X" ou substâncias radioativas, será concedido um período de 20 dias consecutivos de férias por semestre de atividade profissional, não acumuláveis.

Além disso, a portaria prevê a possibilidade de acumulação das férias por necessidade do serviço, até o máximo de dois períodos, mediante decisão do Secretário de Saúde, sendo presumida essa necessidade quando o servidor estiver desempenhando funções específicas.

A escala de fruição de férias será elaborada anualmente pela Diretoria de Gestão de Pessoas, com consulta aos servidores interessados e aprovação do Secretário de Saúde. Esta escala será publicada no Diário Oficial do Estado até 30 de novembro do ano anterior ao gozo das férias.

A portaria também prevê que não será permitida a suspensão ou alteração do período de férias, salvo por solicitação da chefia imediata, justificada por necessidade do serviço, limitando-se a duas alterações anuais.

A vigência da Portaria é a partir de sua data de publicação, revogando-se disposições anteriores.Fica estabelecido ainda que os casos omissos serão resolvidos pelo Secretário de Estado da Saúde do Piauí.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site

1234