Jogos de pôquer

SEÇÕES

Respira com ajuda de aparelhos: saiba qual o estado de saúde de Faustão

No último domingo (28), Fausto Silva, de 73 anos, foi submetido a um transplante de coração

Faustão passou por um transplante de coração no domingo (28) | Reprodução/Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

No último domingo (28), o apresentador Fausto Silva, de 73 anos, foi submetido a um transplante de coração. Faustão está internado desde o início de agosto no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratar uma insuficiência cardíaca, o caso evoluiu e foi necessária a realização do transplante.

Segundo a equipe médica a cirurgia durou 2h30 e foi bem-sucedida. O apresentador continua internado e se recupera do procedimento com os cuidados médicos necessários. Segundo boletim divulgado pelo hospital, na segunda-feira, Faustão está sedado e respira com a ajuda de aparelhos. Ainda não há previsão de alta hospitalar.

"O paciente Fausto Silva, que foi submetido ontem, dia 27 de agosto, a um transplante de coração no Hospital Israelita Albert Einstein, permanece na Unidade de Terapia Intensiva sob sedação e respirando com auxílio de ventilação mecânica. Seu estado clínico é estável e as funções do coração estão de acordo com o esperado para as primeiras 24 horas", diz o comunicado do hospital.

Prioridade na fila de transplante

A rapidez com que o apresentador conseguiu um novo coração levantou dúvidas quanto aos critérios usados. Para esclarecer qualquer dúvida, o Ministério da Saúde de pronunciou por meio de nota. Segundo a pasta, Faustão foi priorizado em razão de seu estado muito grave de saúde. “A lista de espera por um órgão funciona baseada em critérios técnicos, em que tipagem sanguínea, compatibilidade de peso e altura, compatibilidade genética e critérios de gravidade distintos para cada órgão determinam a ordem de pacientes a serem transplantados", diz a nota.

"Quando os critérios técnicos são semelhantes, a ordem cronológica de cadastro, ou seja, a ordem de chegada, funciona como critério de desempate. Pacientes em estado crítico são atendidos com prioridade, em razão de sua condição clínica", complementa. O texto ressalta ainda que tanto pacientes da rede pública quanto privada estão na mesma lista.

Dados de transplante no Brasil

O Ministério usou o comunicado ainda para divulgar número de os transplantes de coração realizados no Brasil nos últimos dias. Somente na última semana, no período de 19 a 26 de agosto, foram feitas 13 procedimentos desse tipo, dos quais foram sete em São Paulo, que é o estado com maior volume de transplantes.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site