Jogos de pôquer

SEÇÕES

Doença silenciosa nos ossos mata 200 mil por ano

Segundo o Ministério da Saúde, no país, cerca de 10 milhões de pessoas possuem a patologia

A osteoporose é uma doença silenciosa que não apresenta sintomas na fase inicial | Reprodução/Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O dia 20 de outubro é dedicado ao Dia Mundial da Osteoporose, que, no Brasil, também é comemorado como o Dia Nacional da Osteoporose. A data foi instituída pela Lei nº 11.549, de 19 de outubro de 2007. A data possui o objetivo de informar o público sobre a importância da prevenção, diagnóstico precoce e tratamento da osteoporose.

A osteoporose é uma enfermidade silenciosa, que raramente apresenta sintomas antes que chegue a um estágio mais grave. É caracterizada pela perda da Força Óssea em decorrência de alterações na densidade e microarquitetura ósseas, o que predispõe à fratura. Ela pode causar dores crônicas, perda da independência, deformidades e aumento da mortalidade.

De acordo com o Ministério da Saúde, no país, cerca de 10 milhões de pessoas possuem a patologia, que mata 200 mil ao ano. As possíveis fraturas no quadril são uma das principais preocupações, uma vez que 40% dos que fraturam os quadris perdem a capacidade de andar sozinho e 30% tornam-se incapazes permanentes.

Fatores de risco

A presidente da Comissão de Osteometabolismo da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), Dra. Fânia Santos, afirma que os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença são a idade, a genética, e os maus hábitos durante a vida. A osteoporose é predominante no sexo feminino, contudo, também afeta os homens. Dentre outros fatores de risco estão o uso de certos medicamentos como os glicocorticóides e os anticonvulsivantes, dieta deficiente em cálcio e vitamina D, índice de massa corporal baixo, pouca exposição ao sol, tabagismo, etilismo, imobilismo e sedentarismo.

A Dra. Fânia destaca que além de evitar as condições modificáveis acima descritas, auxiliam no combate à osteoporose alguns hábitos saudáveis. “Praticar regularmente exercícios físicos e evitando se o sedentarismo e imobilismo, ter uma alimentação rica em cálcio, tomar banho de sol, evitar o cigarro e álcool, evitar o uso crônico de certas medicações, como os corticoides, pois tais ações auxiliam no combate à doença”.

Por fim, ela também ressaltou que é necessário evitar a queda. Pois, quando elas acontecem, existem grandes chances para as fraturas osteoporóticas. Deve-se ter uma casa segura com barras de apoio, corrimãos em escadas, pisos não escorregadios e barras de apoio nos banheiros. E ainda, evitar sapatos inadequados e ambientes com baixa iluminação.

 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Jogos de pôquer Mapa do site